Quinta das Brôlhas Reserva Tinto 2008 - Paulo Domingos

Pesquisa

Quinta das Brôlhas Reserva Tinto 2008
Preço usual: € 13,20
Preço: € 12,43
Você poupa: € 0,77 (6%)
Referência: qbrtt08
Em stock: Sim
Adicionar ao carrinho

Quinta das Brôlhas, Douro, Reserva Tinto 2008

 

Conceito

Vinho produzido a partir das tradicionais castas durienses – Touriga Nacional, Tinta Roriz, Touriga Franca e Tinta Barroca – que reflecte o carácter da sub-região do Baixo Corgo, de baixa altitude, com uma qualidade consistente de ano para ano. Vinho com capacidade de envelhecimento, para acompanhar pratos de confecção sofisticada.

 

Quinta

A Quinta das Brôlhas é formada por duas propriedades com o mesmo nome, uma na margem direita do rio Douro, junto à Régua, outra na margem esquerda, em Valdigem, onde se situa a casa de habitação do século XVII e a adega com lagares de granito. Está na posse da família do actual proprietário, Macário de Castro Pereira Coutinho, desde essa altura.

As vinhas ocupam 25 ha, distribuídas por 12 prédios. As castas tintas ocupam 20 ha e as brancas 5 ha, com idades entre os 10 e os 50 anos. A exposição é a sul, sul-poente, em solos de origem xistenta, típicos do Douro.

 

Vindima

A vindima de 2007 decorreu sob calor moderado, com alguma humidade, que permitiu obter maturações lentas e equilibradas em termos de acidez e açucares. A vindima, decidida após análise de bagos, foi iniciada a 20 de Setembro, chegando as uvas em excelente estado sanitário. O transporte para a adega fez-se em caixas de 25 kg.

 

Tecnologia

As uvas, no momento ideal de maturação, foram vindimadas manualmente, desengaçadas e fermentadas com curtimenta prolongada em cubas de inox. Após a fermentação, o vinho foi estagiado em madeira de carvalho francês durante 15 meses. Após engarrafamento, em Julho de 2009, o vinho estagiou em garrafa vários meses antes de sair para o mercado, em Dezembro de 2009. Foram produzidas 6500 garrafas.

 

Descrição

Cor rubi viva e profunda, aroma intenso a fruta madura e algum vegetal, com fácil percepção das notas de baunilha, coco e chocolate, próprias do estágio em madeira. Na boca, sente-se o corpo bem equilibrado pela acidez e o álcool, que lhe confere capacidade de envelhecimento e o torna um adequado companheiro para pratos de carne de caça no forno.

 

Análise química

Teor alcoólico ………………. 13,9 % (v/v)

Acidez volátil …………………. 0,46 g/dm3

Acidez total ……………………. 5,38 g/dm3

pH …………………………………. 3,52

 

Prémios

2002 - Reserva Tinto 2000, Medalha de Prata, Concurso Internacional Expovinis (Porto)

2004 – Reserva Tinto 2002, Medalha de Prata, Concurso do Clube de Vinhos (Estoril)

 

Referências

Quinta das Brôlhas: Best of Wine Tourism 2006, atribuído pela rede das capitais dos grandes vinhedos (Mendoza, Argentina).

 

Enólogo

Virgílio Loureiro

 

 

  • Paulo Domingos - Consultor Comercial
  • Telefone: (+351) 919 470 533
  • info@paulodomingos.com